Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 fevereiro, 2015

Métodos Anticoncepcionais - Camisinha

Masculina: 
Camisinha, condom ou preservativo é uma capa de borracha, muito fina, utilizada pelo homem. Ela funciona impedindo que os espermatozóides subam através do colo do útero.
A camisinha deve ser desenrolada no pênis ereto antes de qualquer contato com a vagina. É preciso retirá-la imediatamente após a ejaculação, segurando as bordas para impedir que os espermatozóides entrem em contato com a vagina.
É preciso usar uma camisinha nova a cada relação.
Somente homens que têm problemas na uretra (epispádia e hipospádia) não devem usá-la. A camisinha pode causar alergia e irritação vaginal. O preservativo protege contra doenças no colo do útero, não faz mal à saúde, pode ser comprada em farmácias e o mais importante: protege contra doenças sexualmente transmissíveis, inclusive a Aids.
EFICÁCIA: o fracasso varia entre 03 a 12%
   
Feminina:
É uma bolsa de plástico fino, transparente, macio e resistente, com dois anéis, sendo um preso na borda e o outro móvel (que não deve ser removido) dentro da bolsa.
A taxa de falha varia de 5 a 21%, ou seja, de cada 100 (cem) mulheres, que usam a camisinha feminina durante o período de 1 (um) ano, de 5 (cinco) a 21 (vinte e um) podem engravidar.
A camisinha feminina impede o contato da órgão genital feminino com o órgão genital masculino nas relações sexuais genitais, impedindo assim que os espermatózoides entrem em contato com a órgão genital feminino. Ela também impede a troca de secreções nas relações sexuais, genital (órgão genital feminino e órgão genital masculino) e oral (órgão genital feminino boca), prevenindo também as DST/HIV-Aids.

Fonte: oceventos

Seguidores