08 janeiro, 2013

Emma Watson é confundida com criança e barrada em aeroporto


Emma Watson, 22, tem uma carinha tão angelical que confunde até mesmo os seguranças do aeroporto.

A atriz contou que foi barrada recentemente porque foi confundida com uma criança.

escreveu no Twitter:
Controle de passaporte: 'Menor desacompanhada?' 
Eu: 'Perdão?' 
Controle de passaporte: 'Onde está o seu responsável?' 
Eu: 'Tenho 22 anos!' 

"Nunca mais viajo de mochila", completou.

A Hermione de "Harry Potter" disse ainda que essa não foi a única vez que isso lhe ocorreu.

"O que é realmente triste disso tudo é que não é a primeira vez que aconteceu", brincou.

No Japão, hotel-cápsula é opção barata e inusitada para passar a noite



O cubículo, de cerca de 1 metro de altura por 1 metro de largura, à primeira vista assusta. Mas ir ao Japão e não se aventurar a passar uma noite em um hotel-cápsula é perder a chance de vivenciar algo que quase não se vê em outra parte do mundo. 
Há diversas opções. A maioria só aceita homens, mas há os que possuem alas separadas por sexo. Os convencionais oferecem cápsulas lado a lado, uma em cima da outra, com escadinhas para acesso às mais altas.
Em um país cada vez mais carente de espaço, a cápsula não chega a ser uma excentricidade no Japão. É apenas uma opção, barata e prática. São cerca de 1.600 hotéis do tipo no país, segundo a Organização Nacional de Turismo Japonês. Há diárias em locais próximos às principais estações por menos de 2.800 ienes (o equivalente a R$ 70).

Hotel-cabine
Na preparação para dormir em uma cápsula, uma boa opção é se hospedar em um hotel-cabine. Em Kyoto, cidade na península de Honshu, há acomodações do tipo.
O First Cabin Kyoto Karasuma oferece os quartos, que se resumem a uma cama e uma minibancada acoplada. Há uma ala masculina e uma feminina; os banheiros também são separados por sexo. 
As cabines são, realmente, bem maiores que uma cápsula, mas os inconvenientes, os mesmos. As malas ficam na recepção e precisam ser solicitadas sempre que for necessário. O traje comum é uma calça e uma camiseta azuis, fornecidos diariamente, assim como as toalhas.
Também de uso coletivo, os banheiros, no entanto, proporcionam mais privacidade. São cabines fechadas. Os hóspedes podem deixar os pertences em uma cesta na frente da porta enquanto usam o chuveiro.
Os quartos também contam com TV, controle remoto e tomadas, além de ar-condicionado. A televisão, no entanto, não emite som: para ouvi-la, é preciso acoplar um fone de ouvido (já incluído no pacote). O objetivo, claro, é não perturbar o sono dos vizinhos.

Leia a reportagem completa

07 janeiro, 2013

HPV - vírus papiloma humano


O governo do Distrito Federal pretende vacinar 64 mil meninas contra HPV a partir de março



Babá de cachorro fatura R$ 8 mil por mês em São Paulo


O mercado pet mais uma vez é apontado por especialistas como tendência de bom negócio. Cada vez mais, os bichinhos são tratados como membros da família e isto impulsiona a abertura de novos negócios.
Em São Paulo, que concentra quase 20 milhões de animais de estimação e 10 mil pets shops, os empresários não poupam esforços para oferecer produtos e serviços diferenciados. Neste grande mercado, há enfeites para os bichos, dentista, florais e até babá.
Adriane Silveira é babá de 25 cachorros, um trabalho bem parecido com o da babá de crianças, com hora de comer, beber água e descansar. “Eu faço a primeira visita de cortesia, conheço o animal, vejo o que ele está precisando”, explica Adriane.
A empresária fatura, em média, R$ 8 mil por mês. Hoje ela atende oito bairros de São Paulo, e quer mais. “A procura está cada vez maior. E assim, sempre tem coisas novas”, diz Adriane.
A cliente Laura Sansone contratou o serviço três vezes por semana e gasta R$ 480 por mês para deixar o buldog Astor bem acompanhado. “Quando ela chega, ele já fica todo animado e eu vejo que quando eu chego do trabalho, ele já está mais calmo. Não tem necessidade de passear com ele logo que eu chego”, diz a dona do cachorro.

Leia a reportagem completa

06 janeiro, 2013

Lei de cotas



A lei, sancionada em agosto de 2012 e que deve ter impacto a partir deste ano, determina que, até 2016, 50% das vagas de universidades, institutos e centros de ensino federais sejam destinadas a alunos que fizeram todo o ensino médio em escola pública. Além disso, metade deste índice será para alunos com renda familiar até 1,5 salário mínimo. Há ainda um percentual para estudantes autodeclarados pretos, pardos e indígenas de acordo com a proporção desta população no estado da instituição, segundo o IBGE.

Leia a reportagem completa

Whitney Houston teria sido assassinada, diz investigador particular



Whitney Houston (1963-2012) teria sido assassinada e novas evidências gravadas em vídeo provam esta teoria, segundo informações do site RadarOnline.

Um investigador particular de Hollywood, Paul Huebl, teria conseguido novas provas e estaria entregando todo esse material para o FBI, afirma o site. “Eu tenho evidência de que Whitney foi vítima de traficantes poderosos que mandaram assassinos para cobrar uma enorme dívida que ela tinha em drogas”, disse o investigador.

Usando uma rede de informantes e olhando novamente o relatório do legista, ele colheu novas informações que está encaminhando para o escritório de Chicago do FBI. Ele espera que um novo olhar sobre o caso possa trazer a verdade à tona.

Huebl destacou ainda que dois homens desconhecidos sempre apareciam no Beverly Hills Hilton, o hotel onde Whitney estava hospedada, e se misturavam com o grupo de amigos da cantora.

No dia anterior a sua morte, ela recebeu uma entrega de cocaína, mas foi ouvida dizendo que estava cansada daquilo. O investigador relatou que ela estava se referindo ao fato de ser cobrada por sua dívida de drogas, que tinha chegado a 1,5 milhões de dólares, o equivalente a mais R$ 3 milhões.
Ele relembrou que, no dia de sua morte, Whitney ficou sozinha em seu quarto por 45 minutos e, para ele, teria sido nessa ocasião que um ou os dois assassinos entraram em seu quarto. Eles triam sido pegos pela câmera de segurança do hotel.

Quanto ao relatório do legista, que afirma que não houve violência envolvida na morte da diva pop, o investigador discordou totalmente. “O corpo de Whitney mostra ferimentos clássicos de defesa que devem ter acontecido enquanto ela lutava por sua vida”, disse ele, que ainda afirmou que a briga deve ter acontecido durante os últimos minutos de sua vida no quarto e no banheiro do hotel. 

A cantora admitiu o uso de drogas em 2002 e após sua separação, em 2006, passou a lutar contra o vício com mais intensidade e tentar retomar sua carreira. Em fevereiro deste ano, foi encontrada morta na banheira do hotel onde estava hospedada em Beverly Hills.

Fonte: caras.uol.com.br

04 janeiro, 2013

Começa reunião que vai decidir sobre aumento das passagens no Grande Recife


Moradores do Grande Recife que usam o transporte coletivo podem saber, ainda na manhã desta sexta-feira (4), qual será o percentual de aumento das passagens e quando o reajuste entrará em vigor. A reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) que decidirá sobre o aumento começou por volta das 8h30 desta sexta. Pouco mais de meia hora depois do início da reunião, um grupo de estudantes invadiu o edifício-sede do Grande Recife Consórcio de Transporte.

A reunião do CSTM é realizada no auditório do prédio ao lado, que pertence ao 16º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco. Os dois edifícios têm uma passagem interna de um para o outro. Estudantes dizem que a transferência do local foi feita para evitar a ação dos manifestantes.

O grupo entrou no edifício do Grande Recife com objetivo de chegar ao auditório e participar da reunião, que acontece a portas fechadas. A ação aconteceu no momento em que um portão foi aberto para a saída de um carro. Houve correria no momento em que PMs correram para evitar que os manifestantes cheguassem ao local da reunião.

A primeira solicitação é do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana/PE), que pediu 13% de aumento nas tarifas. O Grande Recife Consórcio de Transporte adiantou que vai apresentar uma contraposta de reajuste de 5,75%, índice correspondente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado até a segunda quinzena de dezembro de 2012.

CONSELHO - O CSTM é composto por membros do governo do Estado, prefeituras e câmaras de vereadores da Região Metropolitana, empresários do sistema de transporte, representantes de usuários e de classes estudantis e deve debater duas propostas.

PROTESTO - Entidades estudantis se reúnem em frente à sede do Consórcio, no Cais de Santa Rita, no Centro da capital. Os manifestantes realizam um ato de protesto simbólico, colando cartazes com as reivindicações no muro do edifício. Eles aguardam a saída dos conselheiros para abordá-los e convidá-los a um debate.

A decisão sobre passeatas, panfletagens e protestos que chamem mais atenção da sociedade só serão tomadas após a reunião do CSTM. O cronograma de reivindições do grupo só será elaborado em reunião no Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), marcado para a noite desta sexta.

Fonte: ne10.com

Pelo cancelamento da Redação do Enem 2012


Por André Forastieri

Os estudantes que foram mal na prova de redação do Enem exigem revisão. O Exame Nacional do Ensino Médio de 2012 teve quatro milhões, centro e treze mil e quinhentas e cinquenta e oito redações avaliadas. Destas, cerca de 75 mil foram entregues em branco, e 72 mil foram anuladas por motivos diversos (como, por exemplo, escrever menos que as sete linhas exigidas).
Do total das redações, 76,32% foram avaliadas por dois corretores, 20,1% por três corretores, e destas, 2,43% por uma banca extra. Como é feita a avaliação das redações? Por 5.683 corretores, que passaram por dois treinamentos - um geral, e outro específico para ajudar na análise do tema da prova.
E mesmo assim, candidatos acionam o ministério público federal para terem direito de vista à redação. Uma petição com mais de nove mil assinaturas coletadas pela internet bancam a representação. E no Rio, uma estudante conseguiu da justiça o direito de ver a correção de sua redação. Há movimentos pelas ruas, passeatas, protestos em doze capitais. E um grupo no Facebook, chamado Ação Judicial - Redação Enem, já tem 27 mil membros.
Segundo o MEC, a avaliação leva em conta os seguintes itens: compreensão da proposta, domínio da norma padrão da língua escrita, e a capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. É evidente que a maioria dos jovens do mundo, e aliás dos adultos, não tem a menor condição de fazer isso. Muito menos os brasileiros, considerando o patamar quarto-mundista de nossa educação pública e particular.
O que o MEC exige é que ao final do terceiro ano do ensino médio nossos jovens tenham aprendido a pensar por si próprios, e defender o que pensam por escrito. É mais que pedir demais. É bobagem, porque a maioria das faculdades e dos empregos não exige pensamento independente, nem saber escrever. Sempre foi assim e assim continua sendo; quem sabe um dia muda; não vejo sinais no horizonte. Se algum insensato quiser aprender o beabá da redação, este blog, imodestamente, tem umas dicas (leia mais aqui).
Não sei quase nada na vida, mas vivo de escrever há quase um quarto de século, aprendi, e ensino grátis. Não tem segredo. É fácil escrever direito e é muito difícil escrever magnificamente. Como nossas escolas não ensinam nem um nem outro, esta exigência do MEC é um insulto. Por isso, os alunos têm mais que o direito de exigir a vista das correções; têm direito de pedir o cancelamento da prova.
Neste Enem de 2012, o MEC propôs como tema da redação um assunto que não está na imprensa, não preocupa ninguém, não faz parte do currículo escolar, e certamente jamais passou pela cabeça de 99,99% dos brasileiros: a imigração para o Brasil no Século 21. O tema deste ano foi defendido pelo ministro da educação, Aloísio Mercadante: "é um tema bastante contemporâneo, desafiador e não previsto." E é mesmo tudo isso. O ministro não percebe que a razão de seus elogios é justamente o motivo de tanta crítica. Nossa escola não é contemporânea, não desafia os alunos, e valoriza a decoreba, não a reflexão.
Uma professora de uma escola pública modelo, dessas que aparecem em propaganda no horário político, me contava esses dias: lá não tem e nunca teve papel higiênico para os alunos. A Associação de Pais e Mestres é que tem que bancar. O papel que o estado manda é só para os traseiros de professores e funcionários.
Já dinheiro para computador, há bastante. Mas a escola não precisa de mais PCs. A urgência é tirar os computadores entregues há um ano de suas caixas. Eles estão mofando. Precisa instalar, e treinar os professores para utilizá-los. Os professores também gostariam de poder escolher livros à altura de seus alunos. E não ter que encomendar algum do menu disponível, sempre pobre, sempre conservador, sempre das mesmas editoras e autores. Ah, e seria bom ter uma marmiteira, para que os alunos possam esquentar seus almoços, em vez de comer tudo frio. E por aí vai...
Isso é em uma escola modelo em São Paulo, imagine nos cafundós do Maranhão. E dos alunos assim formados se exige que saibam construir um ensaio com começo, meio e fim? É justo exigir de nossos jovens o que não demos a eles, e, pá de cal, o que o ensino superior e o mercado de trabalho não exigem? A única resposta justa é não.

Fonte: R7
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...