Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 fevereiro, 2015

Égua morta ainda não foi retirada da Lagoa do Araçá


Após passar três dias abandonada e não ser recolhida pelo Centro de Vigilância Ambiental (CVA), uma égua morreu na Lagoa do Araçá, Imbiribeira. O serviço de recolhimento está suspenso desde janeiro. Segundo o comerciante Roberto Urbano, o animal apareceu na Rua Nicolau Copérnico, ferido e sem conseguir se levantar, no dia 9, e morreu no dia 12.

“Telefonamos para os bombeiros, o CVA e a Secretaria-Executiva dos Direitos dos Animais (Seda). Os bombeiros vieram, mas disseram que era com o CVA, que não atendeu nossa demanda”, disse Roberto.
Um grupo de defensores de animais montou uma estrutura com madeira e tecidos para manter a égua em pé, e conseguiu medicamentos, água e alimento. À noite, o animal era atacado por morcegos e caranguejos.

A carcaça permanecia no local até ontem. Moradores próximos contaram que a Emlurb foi ao local e informou que até hoje mandaria um trator para cavar um buraco e enterrar os restos. Não havia como retirá-los por causa da decomposição. O Diario tentou falar com a Emlurb, mas não teve retorno.

O abrigo usado pelo CVA foi interditado após ser detectado mormo, doença equina incurável. Três baias também passam por reforma e a expectativa, de acordo com o gerente do CVA, Jurandir Almeida, é retomar o serviço em duas semanas.

Fonte: diariodepernambuco

Seguidores