Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

15 abril, 2015

Os Filhos dos Hippies: geração Neocid

De vez em quando passeio pelos blogs da vida e me deparo com algumas reflexões inteligentes e  bem-humoradas e encontrei esta que resolvi compartilhar:
Por cynthiapilan
Filhos da geração hippie são os nascidos na década de 70 e 80.
 
Filhos da Geração paz e amor!
Se você é nascido nessa epoca provalvemente vai se lembrar da diferença de estímulos e a forma de educação que tivemos comparados com a geração de hoje.
Não tinhamos internet, google, CD, mp3. A nossa maior fonte de pesquisa intelectual era

a enciclopédia Barsa, artigo de luxo e atualizada de ano em ano!!!!!!!
O contato com o restante do mundo era via telefone ou TV , a maior forma entretenimento para a criançada da época.
Muitos pensam nessa época com uma nostalgia engraçada, porém analisando a forma como criticamos as gerações seguintes, me questiono: “quem somos nós”?
Pior!!! Nos achamos no direito de falar mal da geração Boquinha da garrafa que veio nos anos 90, do funk Furacão 2000 ou da geração colorida e internética Restart dos dias de hoje.
Vejo que hoje em dia, de certa forma, existe uma preocupação maior com o conteúdo cultural passado para as crianças nitidamente vista nos desenhos animados, em sua maioria com recado filosófico ou moral como por exemplo Procurando Nemo mostrando valores familiares, Sherk que trata de forma bem humorada valores humanos além das aparências etc.
Mas nem tudo é mil maravilhas... o Funk continua firme e forte, alias mais forte do que nunca.
Falamos mal de tudo que veio com as gerações seguintes, achando o fim do mundo o que estava acontecendo com a cultura mundial.
Pense bem... isso é cíclico.
Ja parou pra pensar na bagagem cultural que nos foi ensinada?
Nos anos 80 tivemos exemplos como de Pernalonga, Pica-pau, Frajola, heróis em desenhos estranhos onde as crianças torciam por personagens praticantes de bulling, que valorizavam brigas, maldade sem sentido e péssimos exemplos de brincadeiras.
Os trapalhões sempre pregando peças e mentiras, com um dos integrantes fazendo uso de álcool e bebedeira como sua maior piada.
Já a Xuxa alegrava nossas manhãs com sua afinação musical ímpar.
Ninguém se preocupou com seu passado bizarro de filmes da época pornô chanchada.
Ninguem se importou com seu português ruim e grosserias típicas, nem seu comportamento estranho presa em seu castelo rosa intocável. É a nossa eterna e sensual rainha dos baixinhos.
Péra la! Tem coisa pior que isso?
Tem sim! O Neocid.
Alguém muito desinformado teve uma idéia que logo virou senso comum entre as mães. Neocid: O melhor remédio para matar piolhos.
Acontece que o melhor remedio da epoca para acabar com piolhos e lendeas é na verdade veneno matador de baratas!!! sim o Neocid é veneno para acabar com baratas!
Confesso que nunca ouvi alguem dizer que ia comprar um Neocid pra acabar com cucarachas e afins.
A receita era infalível: fazer um furinho na lata do Veneno, aplicar o pó com cheiro estranho de forma uniforme na cabeça da criança bem na raiz e amarrar uma touquinha caprichada com um paninho (de preferência uma fralda de algodão branca) para abafar a cabeça dos pimpolhos com veneno, piolho, cabelo e suor.
Tiro e queda! Vão-se piolhos e lêndeas numa só tacada.
Quem passou por essa situação bizarra vai se lembrar do barulhinho da latinha do Neocid na hora da aplicação: tec tec tec, enquanto la ia o veneno couro cabeludo adentro.
A criançada inocentemente saia brincando com lencinhos brancos na cabeça abafando os bichinhos envenenados.
Resultado: Todos os piolhos mortos.
Essas mesmas mães enquanto gravidas, não aplicavam tintura no cabelo para que o filho no ventre não sofresse nenhuma intoxicação quimica, mas depois de nascido o herdeiro... Neocid no couro dele!
Eu nunca soube de nenhuma criança intoxicada, afinal diz a máxima que Deus protege loucos e crianças...
O que posso concluir é que se sobrevivemos a cultura desinformada do Neocid, nossos filhos sobreviverão tranquilamente ao mundo Internetico do Restart.

Seguidores