Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

05 outubro, 2011

Greve dos Bancos

Uma semana após o início da greve dos bancários, a adesão ao movimento segue aumentando, segundo balanço da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Nesta terça-feira (4), a paralisação afetou 8.328 agências de bancos públicos e privados, o que equivale a 41,5% dos pouco mais de 20 mil estabelecimentos existentes no país.
O Comando Nacional dos Bancários, reunido em São Paulo, divulgou nota “repudiando” o silêncio dos bancos, que, segundo a entidade, não retomaram as negociações para apresentar nova proposta aos trabalhadores.
"Os bancos estão agindo de forma irresponsável ao permanecerem em silêncio e ignorarem a disposição dos bancários para retomar o processo de negociações", diz o texto.
Reivindicações
Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado, após a quinta rodada de negociações com a Fenaban, ocorrida no dia 23. A proposta patronal contemplava reajuste de 8% sobre os salários, o que representa aumento real de 0,56%, segundo a Contraf. A reivindicação da categoria é de 12,8% de reajuste, sendo 5% de aumento real.
Os bancários pedem, ainda, valorização do piso, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), mais contratações, fim da rotatividade, melhoria do atendimento aos clientes, fim das metas abusivas e do assédio moral, mais segurança e igualdade de oportunidades.

Fonte: g1.com

Seguidores